+55 11 5505-1325

Posted by admin on agosto - 23 - 2013 | 0 Comment

Avaliar os resultados dos treinamentos é muito importante, para que tenhamos uma evolução constante na qualidade dos treinamentos e nos resultados que esses proporcionam. Por esse motivo dedicaremos uma série de pots para falar sobre o assunto.

Neste primeiro post apresentaremos o modelo Kirkpatrick dos 04 Níveis de Avaliação, que avalia um treinamento em 04 diferentes níveis.

Na maioria dos treinamentos é medida a reação dos participantes, mas conhecer apenas a reação deles não é suficiente, a avaliação para ser efetiva deve ser mais completa que isso.

Donald Kirkpatrick, professor emérito da Universidade de Wisconsin e ex-presidente da ASTD (American Society for Training and Development), publicou o seu primeiro Modelo de 04 Níveis de Avaliação de Treinamentos em 1959. O modelo foi revisto em 1975 e novamente aprimorado em 1994, quando ele publicou o seu trabalho mais conhecido, “Avaliando Programas de Treinamento”.

A seguir apresentaremos os 04 Níveis de avaliação, com base no trabalho de Kirkpatrick.
Nível 1 – Reação

Esse nível avalia como os participantes reagiram ao treinamento. Obviamente ao planejar um treinamento, o objetivo é  que todos o vejam como uma experiência valiosa, que gostem do instrutor, do conteúdo, dos materiais, da apresentação, do local e infra estrutura.

É importante avaliar a reação, porque isso ajudará a entender quão bem o treinamento foi recebido pela audiência.

Nível 2: Aprendizado

No segundo nível, é medido o que os participantes aprenderam. O quanto o conhecimento deles sobre o assunto aumentou em função do treinamento.

Quando planejamos um treinamento, normalmente iniciamos por um lista de objetivos de aprendizagem relacionados ao conteúdo, esses objetivos devem ser o ponto de partida para medir o quanto os participantes aprenderam. Tenha em mente que existem diferentes formas de avaliar o aprendizado, dependendo dos objetivos do treinamento e, se o foco era mudar conhecimentos, habilidades ou atitudes.

É importante avaliar o aprendizado, porque entender o que os participantes estão aprendendo e o que não estão, ajudará a melhorar a efetividade do seu treinamento.

Nível 3: Comportamento

Nesse nível é avaliado como os participantes mudaram o seu comportamento em função do treinamento que receberam. Especificamente, essa avaliação observa como os participantes estão aplicando a informação recebida.

É importante lembrar que as pessoas só mudarão seu comportamento se as condições forem favoráveis, portanto a avaliação de um treinamento não pode se basear apenas nesse nível. Imagine que você está avaliando um treinamento, mas não avaliou os participantes nos dois primeiro níveis, apenas no terceiro, e percebeu que não houve mudança de comportamento, poderá concluir erroneamente que eles não aprenderam nada e que o treinamento não foi eficiente.

A ausência de uma mudança comportamental não significa que os participantes não tenham aprendido o conteúdo. Ela pode indicar que talvez o gestor deles não tenha dado espaço para que o novo conhecimento fosse aplicado,  ou que eles aprenderam tudo, mas que não tem vontade de aplicar.

Nível 4: Resultados

Nesse nível são analisados os resultados do treinamento. Isso inclui os resultados que você ou a empresa determinaram como positivos para os negócios, para os colaboradores  ou para a base.

Tenha sempre em mente que o seu treinamento deve gerar resultados positivos em todos os níveis e que sempre deve estar alinhado com os objetivos da empresa.

Em nosso próximo post explicaremos como avaliar cada um dos 04 Níveis.

Não deixe de compartilhar conosco as suas experiências com Avaliação de Treinamento.